SBE Antropoespeleologia

Citation
SBE Antropoespeleologia

Material Information

Title:
SBE Antropoespeleologia
Series Title:
SBE Antropoespeleologia
Alternate Title:
SBE Antropoespeleologia: Boletim Eletrônico da Seção de História da Espeleologia da SBE
Publisher:
Sociedade Brasileira de Espeleologia
Publication Date:
Language:
Portuguese

Subjects

Genre:
serial ( sobekcm )

Notes

General Note:
Bom Jesus da Lapa - Festa de São Domingos - Homem vive 16 anos em caverna - Gruta utilizada como esconderijo - Lendas e mistérios da Gruta dos Crioulos - Descobertas em uma gruta de Tianyuan - Furnas de Sombrio - Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, Rio Grande do Sul - Arqueólogos israelenses acham caverna com símbolos romanos e cristãos - Romaria do Bom Jesus da Lapa - Missa na gruta da Pedra Santa em Muriaé MG.
Restriction:
Open Access - Permission by Publisher
Original Version:
Vol. 2, no. 23 (2009)
General Note:
See Extended description for more information.

Record Information

Source Institution:
University of South Florida Library
Holding Location:
University of South Florida
Rights Management:
All applicable rights reserved by the source institution and holding location.
Resource Identifier:
K26-03368 ( USFLDC DOI )
k26.3368 ( USFLDC Handle )
8622 ( karstportal - original NodeID )
1982-3630 ( ISSN )

USFLDC Membership

Aggregations:
Added automatically
Karst Information Portal

Postcard Information

Format:
serial

Downloads

This item has the following downloads:


Full Text
Description
Bom Jesus da Lapa -
Festa de So Domingos Homem vive 16 anos em caverna Gruta
utilizada como esconderijo Lendas e mistrios da Gruta dos
Crioulos Descobertas em uma gruta de Tianyuan Furnas de
Sombrio Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, Rio Grande do Sul
- Arquelogos israelenses acham caverna com smbolos romanos e
cristos Romaria do Bom Jesus da Lapa Missa na gruta da
Pedra Santa em Muria MG.



PAGE 1

R S B E S B E Antropoespeleologia Boletim Eletrnico da Seo de Histria da Espeleologia da SBE Ano 2 N 23 15/08/2009 ISSN 1982-3630 HOMEM VIVE 16 ANOS EM CA VERNA 1 S B E S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a O homem que durante 16 anos fugiu da Justia escondendo-se em cavernas e montes de Vieira do Minho (P ortugal), vai ter advogado pago pela populao Depois da sua priso pela P olcia Judiciria at j circula um abaixo-assinado de apoio P or terras de Anss e de Soutelo so poucos os que admitem ter visto Manuel Cruz 54 anos desde a sua fuga em 1993, da cadeia de Braga onde cumpria uma pena de dez anos de priso por homicdio P erambulando entre os montes das duas freguesias e a casa da me onde ficava a medo , o homem teve apenas como companhia um co Adaptado de de Notcias P edro Antunes P ereira do Jornal GRUT A UTILIZAD A COMO ESCONDERIJO A polcia encontrou no dia 4 de Agosto uma gruta que ser via de esconderijo para traficantes no Morro do Dezoito em gua Santa no subrbio do Rio Segundo agentes de Delegacia de Combate s Drogas (Decod), no local foram encontrados colchonetes alm de um basto com a inscrio “ltima chance”. A operao foi feita pela Decod e pela Coordenadoria de R ecursos Especiais (Core) no incio da manh. Os policiais precisaram do apoio de um helicptero Segundo o delegado Marcus Vincius a gruta fica no alto do morro um local de difcil acesso usado como acampamento e ponto de obser vao Ningum foi encontrado mas a polcia localizou vestgios de que criminosos estavam ali p o u c o t e m p o a n t e s d a p o l c i a c h e g a r O delegado informou que cerca de 20 traficantes se escondiam na gruta durante o dia Do G1, no Rio, com informaes da TV Globo BOM JESUS D A L AP A A cidade de So Domingos j se prepara com o apoio da Gois T urismo para as tradicionais festas do P adroeiro So Domingos de Gusmo R omaria e C a v a l g a d a s d e B o m J e s u s d e T e r r a R o n c a A s comemoraes vo acontecer de 26 de agosto a 6 de setembro A previso da Gois T urismo atrair cerca de 19 mil turistas ao municpio Durante a programao religiosa acontecem missas novenas casamentos e batizados A cidade de So Domingos fica a 658 quilmetros de Goinia no nordeste goiano prximo divisa com a Bahia Gois Agora FEST A DE SO DOMINGOS Considerado o terceiro maior local de peregrinao catlica do Brasil atrs apenas de Aparecida do Norte (SP) e Juazeiro (CE), o santurio de Bom Jesus da L apa oeste baiano espera receber esta semana mais de 800 mil romeiros e visitantes de todas as partes do pas Com quase um quilmetro de extenso igreja da L apa um santurio diferenciado pois se trata de um morro de calcrio com diversas grutas as duas maiores so dedicadas ao Bom Jesus e a Nossa Senhora da Soledade De acordo com a Igreja Catlica em 2009, completam 318 anos de peregrinao de devotos do “ Menino Jesus ” Bahia Dia Dia Interior da L apa do Bom Jesus (F oto : P aulo Mrcio P anoramio .com)

PAGE 2

2 S B E S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a A hoje conhecida Gruta dos Crioulos ponto turstico o b r i g a t r i o d e v i s i t a o c o m p o s t a p o r g r a n d e s formaes de granito onde o maior deles de formato chato e com cerca de 900 metros quadrados ser ve de cobertura para um amplo e escuro salo Cercada de mata nativa cerrada como ainda hoje ser via muito bem para aquilo que os fugitivos desejavam esconder dos seus senhores e feitores Muitos escravos chegavam feridos debilitados e no suportando os rigores do frio vinham a falecer Conta a lenda que noite o vento frio sopra forte por entre as pedras e produz sons arrepiantes H quem afirme tambm que se pode ouvir o som de correntes se arrastando e gemidos ... Esses fenmenos seriam atribuidos s almas sofredoras de escravos que ali perderam suas vidas No interior da gruta h um pequeno altar esculpido no barranco um cruzeiro de madeira e uma imagem de Nossa Senhora onde so realizadas em datas especiais cerimnias religiosas depositadas velas e oferendas A vegetao ao redor da Gruta dos Crioulos muito bem preser vada com predominncia de araucrias manacs quaresmeiras pinhos bravos estes quase sempre cobertos por centenas de orqudeas e bromlias A fauna silvestre tambm muito rica com mais de uma centenas de aves catalogadas (nhambs pica-paus tucanos saracuras jacus jacutingas entre outras aves em extino e pequenos animais como esquilos macacos gatos selvagens cotias e outros pequenos roedores T exto: Schiavo Jr Fotos: K adu Schiavo Fonte: Encantos e Sabores 21 LEND A S E MISTRIOS D A GRUT A DOS CRIOUL OS DESCOBERT A S EM UMA GRUT A DE TIANYUAN A anlise de um maxilar encontrado numa gruta de Tianyuan perto de P equim na China permitiu concluir que os humanos j incluam peixe na sua dieta h 40 mil anos A equipa internacional que fez esta descoberta era formada por cientistas da Alemanha da China e dos EUA A anlise qumica do colagnio proteico usando relaes de istopos de azoto e enxofre permite mostrar se o consumo de peixe era ocasional ou um alimento regular No entanto embora seja hoje uma parte fundamental na dieta dos humanos desconhece-se at que ponto os primeiros homens conheciam este alimento A investigao com istopos de carbono e azoto das ossadas e restos associados permitiu neste caso estabelecer a relao mais antiga at hoje entre humanos e consumo de peixe No caso deste indivduo com 40 mil anos havia uma dieta elevada em protena animal e em particular peixe de gua doce As obser vaes dos locais arqueolgicos permitem dizer que esta utilizao de recurso alimentar ocorreu antes da inveno de ferramentas que facilitavam a pesca A concluso dos cientistas que esta dieta reflete presses populacionais naquela parte da sia A populao humana estaria em rpida expanso na poca Dirio de Notcias

PAGE 3

FURNA S DE SOMBRIO 3 S B E S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a A histria das F urnas de Sombrio recheada de fatos suposies e lendas que a tornam to fascinante quanto a formao desse monumento esculpido pela natureza Como defendem alguns cientistas h milhares de anos atrs pressupem-se que na T erra havia muito mais gua Os oceanos teriam coberto uma parte bem maior da atual super fcie terrestre Isso nos faz acreditar que toda esta faixa de terra onde se localiza o municpio de Sombrio tenha sido coberta pelas guas do Atlntico durante muito tempo O complexo F urnas de Sombrio formado por um conjunto de quatro grutas a maior delas com dezessete metros de abertura e rea total de 1.118 metros quadrados Existe ainda uma quinta gruta bem menor que ainda se conser va inexplorada ficando mais ao norte das demais envolvida pela mata fechada No final do sculo XIX e incio do sculo XX quando a famlia de L uza Cunha habitava as imediaes das furnas alguns viajantes relatavam estrias de que teriam visto assombraes na entrada da gruta; outros afirmavam ter testemunhado o surgimento de bolas de fogo no interior da mesma Estes fatos eram contestados por muitos que juravam nunca ter obser vado nada disso No entanto esta poderia ser uma das razes que levou Manoel V alerim a colocar a primeira imagem de uma santa na entrada da gruta principal P ara os religiosos o motivo se justifica por ser uma inspirao popular e religiosa da poca Contam que naquele tempo qualquer gruta era considerada um local propcio para a colocao de uma imagem santificada como forma de louvor O que levou Manoel V alerim a colocar a primeira imagem de santa na entrada da gruta ningum pode atestar com toda certeza mas os efeitos disso so visveis e multiplicaram-se ao longo dos ltimos sessenta anos Atualmente ampliou-se muito o nmero de imagens dentro da furna principal acompanhada de mensagens de agradecimento por graas alcanadas e dezenas de velas que so acesas por todos que visitam o local Isto refora a tese de que a inspirao religiosa popular possa ter sido a razo da colocao da primeira imagem De outra forma mostra que a f e a crena pessoais conjugadas com a fora divina so capazes de fazer o homem alcanar seus objetivos e ultrapassar as mais duras dificuldades ou enfermidades O TESOURO ESP ANHOL HIST"RIA OU LENDA? Ainda no sculo XIX quando a famlia Cunha ocupava as terras em torno do Morro das F urnas conta uma histria antiga (ou lenda), de que hospedou-se na casa de L uza Cunha um espanhol de nome ignorado que misteriosamente teria aportado por l. Ocorre que segundo o que contam os antigos teria sido este espanhol um desertor das milcias de seu P as e que teria ele roubado uma grande quantidade de ouro que deveria ser vir para o pagamento do exrcito espanhol que se encontrava no Rio Grande do Sul ou talvez no Uruguai O que se conta que ele teria enterrado esse tesouro nas redondezas do Morro das F urnas Alguns relatam a possvel existncia de uma carta enviado pelo espanhol desertor – que aps ter retornado para seu pas fora preso e na priso a teria escrito – em que ele relatava ter enterrado o tesouro bem prximo das terras de L uiz Antnio da Cunha pai de L uza e av de Ablio Cunha para quem a carta havia sido entregue isso entre 1910 e 1920. Arlindo Cunha sobrinho de Ablio e morador de Sombrio at os dias atuais conta que seu tio teria at adquirido um equipamento para detectar metais o qual teria sido utilizado na caada quela fortuna Outros moradores tambm teriam se dedicado caa ao tesouro mas nunca houve registros de que tenha sido encontrado A carta supem-se acabou em poder do P e Joo R etiz proco de Sombrio entretanto aps seu falecimento nunca mais foi possvel localiz-la ou sequer saber se existiu de verdade O fato que o tesouro nunca foi encontrado se que existiu Adaptado http://www .redefurnas.com.br/furnas.php

PAGE 4

4 S B E S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a GRUT A DE NOSS A SENHORA DE L OURDES, RIO GRANDE DO SUL P ara os viajantes que cruzam o trecho da R odovia RS 332 que interliga os municpios de Doutor Ricardo 'Encantado e Anta Gorda a paisagem reser va no apenas nuances de cores onde o verde predomina mas a possibilidade de acalentar recordaes e emoes P equenas casas entre montanhas encravadas nas encostas com chamins que fumegam parecem cochichar segredos do passado A natureza privilegiada do municpio encontra-se retratada na Gruta de Nossa Senhora de L ourdes com uma lindssima queda d'gua de 40 metros principal ponto turstico do municpio L ocal agradvel em meio mata nativa com piscinas naturais belo ambiente para passar horas de lazer Neste local realiza-se no ms de fevereiro a "F esta de Nossa Senhora de L ourdes" e em dezembro acontece a encenao natalina "Auto de Natal na Gruta". Encenao apresentada pela Companhia de T eatro Sonho e Magia composta por jovens do municpio O grupo ainda apresenta: O Espetculo da Imigrao Italiana e O Drago V erde A Gruta pertence P arquia So Caetano onde o casal Irdes e Morilo Mariotti possuem um bar P ara almoo existem mesas bancos e churrasqueiras Os espetos podem ser adquiridos com o casal No cobrado ingresso e o local aberto o ano todo Agncia de Desenvolvimento do V ale do T aquari ARQUE"L OGOS ISRAELENSES A CHAM CA VERNA COM SMBOL OS ROMANOS E CRISTOS Arquelogos israelenses descobriram uma caverna gigantesca que data da poca do Segundo T emplo e que ser viu primeiro como pedreira e em sculos posteriores durante o perodo bizantino como local de peregrinao para cristos A gruta de 80 metros de comprimento e 50 de largura fica dez metros abaixo da super fcie e os arquelogos creem que possa ter sido utilizada tanto como lugar de orao quanto de refgio "Estamos no comeo da investigao", afirma seu descobridor Adam Zartal do Instituto de Arqueologia da Universidade de Haifa norte em declaraes edio digital do jornal "Y edioth Ahronoth". Apesar de ressaltar que " cedo para decidir para que construes ou em que cidades as pedras foram empregadas", no se pode descartar que tenham sido transferidas at grandes construes de carter religioso a dezenas de quilmetros "P elo tamanho das pedras -algumas das quais ainda podem ser vistas no interior -, se tratava de projetos grandes em cidades desde Beit She'an at Jeric, passando por (a fortaleza de) Masada e Jerusalm", acrescenta R esponder pergunta de onde chegaram as pedras desta pedreira milenar ser o objetivo de um estudo arqueolgico-geolgico a ser realizado mas enquanto isso Zartal antecipa que foram encontradas tambm 15 salas de diferentes tamanhos de uma altura de dois a trs metros O teto da caverna se apoia sobre 20 colunas gigantescas de dois metros de largura por outros dois de comprimento nas quais h gravadas dezenas de smbolos de diferentes pocas Muitos deles so cruzamentos da poca bizantina mas h tambm guias das legies romanas e um zodaco diz o arquelogo que descobriu o lugar no final de maro quando explorava a zona em um projeto arqueolgico em escala regional Com o teto derrubado em grande parte da caverna Zartal acredita que demorar at conseguir chegar ao cho original e completar o mapa da misteriosa caverna que se encontra perto de onde se suspeita que as 12 tribos de Israel puderam atravessar o Rio Jordo h mais de trs mil anos segundo a Bblia Na mesma regio chamada Gilgal h duas igrejas bizantinas que poderiam ter sido construdas com rochas da pedreira P elos smbolos acredita-se que a caverna foi usada at o perodo da conquista muulmana em meados de sculo VII Globo.com; EFE

PAGE 5

5 S B E S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a Antes de imprimir pense na sua responsabilidade com o meio ambiente S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a Comisso Editorial: L uiz Eduardo P T ravassos (Coordenador), Isabela Dalle V arela e R ose L ane Guimares R eviso : Delci Kimie Ishida T odas as edies esto disponveis em u m a p u b l i c a o e l e t r n i c a d a SBE Sociedade Brasileira de Espeleologia. T elefone/fax (19) 3296-5421. Contato : A reproduo deste per mitida, desde que citada a fonte. historia@sbe .com .br www .sbe .com .br L uiz T ravassos Filie-se SBE Sociedade Brasileira de Espeleologia Clique aqui para saber como se tor nar scio da SBE T el. (19) 3296-5421 Filiada R Unio Inter nacional de Espeleologia FEALC -Federao Espeleolgica da Amrica L atina e Caribe VENHA P ARA O MUNDO D A S CA VERNA S VENHA P ARA O MUNDO D A S CA VERNA S ROMARIA DO BOM JESUS D A L AP A P e. Ir on R odrigues P arco da P arquia So Domingos As peregrinaes da R omaria do Bom Jesus da L apa de T erra R onca iniciaram em 1929 conforme relato do P e Jos Maria Mart: "Visitei T erra R onca e deixei um pequeno crucifixo de metal que h anos me ofereceram na capital da Bahia P erante ele rezei 3 padres nosso ao Bom Jesus da L apa e cantei um bendito com outros visitantes F iz tudo isso para no virar lugar de superstio e possa no futuro ser centro de piedade e devoo Nos dias 26 e 27 de Setembro de 1929 houve missas na L apa de T erra R onca A R omaria "pegou" graas ao Bom Jesus". Dizia a P e Os padres viajantes no trabalho missionrio da igreja chamado de "desobriga" visitavam sempre a gruta e incentivavam os fiis a pagarem suas promessas na L apa de T erra R onca ao invs de irem faz-lo na Bahia A partir de 1941 o P e Jos de Oliveira marcou pouso naquele local Aos poucos a R omaria foi crescendo e ganhou a forma que conhecemos hoje J nos anos de 1950 que perdurou at meados dos anos 1990, o saudoso P e Geraldo F erracioli consolidou a importncia da R omaria para o povo do Nordeste Goiano A cada ano vinha mais gente de diferentes lugares principalmente dos municpios prximos e at da regio de So Desidrio Bahia .Com o advento do P arque Estadual de T erra R onca em 1989, a R omaria insere nas preocupaes ambientais O parque ganhou as pginas de revistas no Brasil e no mundo graas ao trabalho da administrao do parque as associaes dos guias os empresrios que investem no ecoturismo as ONG Â’s locais e os moradores do povoado So Joo P ara ns paroquianos preciso um trabalho planejado nos dias da R omaria juntamente com o Clero na melhoria das celebraes litrgicas Jornal Diaconia Informativo Mensal da Diocese de Formosa MISS A NA GRUT A D A PEDRA S ANT A EM MURIA MG Por Bruno Augusto Falci Ramos Gestor do Circuito T urstico da Serra do Brigadeiro Prefeitura Municipal de Muria Conforme tradio na cidade de Muria-MG e no Circuito T urstico da Serra do Brigadeiro se realiza nos 5s domingos dos meses a Missa na Gruta da P edra Santa no distrito de Itamuri na comunidade do P atrimnio dos Carneiros Um lugar de rara beleza mistrio lendas e crenas No dia 30 de agosto s 9 horas, ltimo domingo desse ms se realizar a tradicional Missa na Gruta da P edra Santa com o P e Tiago de Itamuri Informamos que o acesso restrito por se tratar de zona rural e estrada de cho Como chegar: Seguindo pela BR 116 sentido Bahia por aproximadamente 15km aps a entrada para Itamuri seguir mais 300 mts e entrar a direita aps a ponte em estrada de cho Dali seguir at a comunidade do P atrimnio dos Carneiros Aps a comunidade seguir por mais 1km a direita e virar bifurcao a esquerda em subida at a Gruta que se localiza a esquerda proximo a um Riacho Informaes: P e Tiago (32) 3723.6118 Bruno (32) 3729.1222 turismo Gruta da P edra Santa www .fundartemuriae .com .br


printinsert_linkshareget_appmore_horiz

Download Options

close
Choose Size
Choose file type
Cite this item close

APA

Cras ut cursus ante, a fringilla nunc. Mauris lorem nunc, cursus sit amet enim ac, vehicula vestibulum mi. Mauris viverra nisl vel enim faucibus porta. Praesent sit amet ornare diam, non finibus nulla.

MLA

Cras efficitur magna et sapien varius, luctus ullamcorper dolor convallis. Orci varius natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Fusce sit amet justo ut erat laoreet congue sed a ante.

CHICAGO

Phasellus ornare in augue eu imperdiet. Donec malesuada sapien ante, at vehicula orci tempor molestie. Proin vitae urna elit. Pellentesque vitae nisi et diam euismod malesuada aliquet non erat.

WIKIPEDIA

Nunc fringilla dolor ut dictum placerat. Proin ac neque rutrum, consectetur ligula id, laoreet ligula. Nulla lorem massa, consectetur vitae consequat in, lobortis at dolor. Nunc sed leo odio.