SBE Antropoespeleologia

Citation
SBE Antropoespeleologia

Material Information

Title:
SBE Antropoespeleologia
Series Title:
SBE Antropoespeleologia
Alternate Title:
SBE Antropoespeleologia: Boletim Eletrônico da Seção de História da Espeleologia da SBE
Publisher:
Sociedade Brasileira de Espeleologia
Publication Date:
Language:
Portuguese

Subjects

Genre:
serial ( sobekcm )

Notes

General Note:
Nota de Falecimento: Prof. Dr. Heinz Charles Kohler - Desmoronamento em mina mata 200 em Serra Leoa - Ecoturismo adaptado em Eldorado - Informações históricas - Muro de pedra de 23.000 anos descoberto na Grécia - Cenários da 'Bíblia" no Curdistão turco - Mais uma caverna no cinema - São Teodoro - Imagens sacras são alvo de vândalos no Espírito Santo - Foto do Leitor: Carste de Baile Herculane (Romênia).
Restriction:
Open Access - Permission by Publisher
Original Version:
Vol. 3, no. 32 (2010)
General Note:
See Extended description for more information.

Record Information

Source Institution:
University of South Florida Library
Holding Location:
University of South Florida
Rights Management:
All applicable rights reserved by the source institution and holding location.
Resource Identifier:
K26-03377 ( USFLDC DOI )
k26.3377 ( USFLDC Handle )
8631 ( karstportal - original NodeID )
1982-3630 ( ISSN )

USFLDC Membership

Aggregations:
Added automatically
Karst Information Portal

Postcard Information

Format:
serial

Downloads

This item has the following downloads:


Full Text
Description
Nota de Falecimento:
Prof. Dr. Heinz Charles Kohler Desmoronamento em mina mata
200 em Serra Leoa Ecoturismo adaptado em Eldorado -
Informaes histricas Muro de pedra de 23.000 anos
descoberto na Grcia Cenrios da 'Bblia" no Curdisto turco
- Mais uma caverna no cinema So Teodoro Imagens sacras so
alvo de vndalos no Esprito Santo Foto do Leitor: Carste de
Baile Herculane (Romnia).



PAGE 1

R S B E S B E Antropoespeleologia Boletim Eletrnico da Seo de Histria da Espeleologia da SBE Ano 3 N 32 15/05/2010 ISSN 1982-3630 1 S B E S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a NOT A DE F ALECIMENTO PROF DR. HEINZ CHARLES K OHLER P or L uiz Eduar do P anisset T ravassos (SBE 1153) No ltimo dia 24 de Abril faleceu o P rof Dr Heinz Charles K ohler renomado geomor flogo brasileiro Como seu ltimo discpulo na Carstologia me senti no dever de preparar um pequeno texto para lembrar o estimado mestre F iz isto para o ltimo SBE Notcias e deveria fazer algo semelhante aqui No entanto ao ver as manifestaes de antigos e novos amigos alunos e outros profissionais em uma lista de discusso de Geomor fologia decidi selecionar o email da Dra Selma Simes de Castro da Universidade F ederal de Gois O motivo de escolher as palavras da professora se deu por achar que resumem os sentimentos de muitos: Heinz Charles K ohler faleceu aos 65 anos vtima de um infarto fulminante Geomor flogo estudioso do C a r s t e e m e s p e c i a l d e M i n a s G e r a i s d e d i c o u c e r c a d e 4 0 a n o s a o s e u e s t u d o Colega e amigo desde a graduao em Geografia na USP prosseguiu no mestrado e doutorado na mesma instituio P elos longos anos que se seguiram compartilhou com muitos de ns suas dvidas epistemolgicas operacionais e interpretativas no campo da Geomor fologia e das relaes entre a Geomor fologia a P edologia e o Quaternrio Dono de um tom inflamado iniciou seu caminho geomor folgico sob a orientao do P rof Queiroz Neto de quem se tornou amigo at agora bem como dos colegas do grupo de pesquisa de ento Deu incio e coordenou por muito tempo os trabalhos sobre a geomor fologia do carste de Minas Gerais dedicando-se em particular aos estudos de L agoa Santa e regio como p r o f e s s o r n a U n i v e r s i d a d e F e d e r a l d e M i n a s G e r a i s e posteriomente da PUC-MG Em ambas Universidades contribuiu para a formao de muitas pessoas publicou diversos trabalhos e mapas ministrou disciplinas e organizou eventos e intercmbios Dono de uma agitao intelectual constante e de uma personalidade no menos agitada polmico deixou marcas por onde passou alm de amigos que compreenderam suas qualidades e as colocaram acima de suas fraquezas e limitaes fsicas De algum modo em algum momento e algum lugar esperamos que tenha sido feliz como parecia estar em Goinia durante o VI SINAGEO S e u p i o n e i r i s m o a o s e d e d i c a r a o s e s t u d o s geomor folgicos do Carste de L agoa Santa de Arcos e P ains do fluviocartse do P erua, e da L apa V ermelha da L apa do Boquete e tantos outros cenrios deixaro seguidores P or ontem por hoje e por tudo o que voc deu conta de fazer valeu amigo E assim como diz a letra de uma msica:"At um dia at talvez at quem sabe? P r of Dra. Selma Simes de Castr o Foto: Luiz E.P T ravassos

PAGE 2

2 S B E S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a P elo menos 200 pessos morreram em um desmoronamento em uma mina clandestina dentro de uma caverna em Serra L eoa informou nesta sexta-feira (19) o Ministrio de R ecursos Minerais do pas africano O acidente ocorreu no sul do pas cerca de 290 km da capital F reetown A minerao clandestina de ouro comuns em pases africanos Geralmente os mineradores no recebem treinamento profissional ou equipamentos e vrias vezes escavam com as prprias mos Acidentes so comuns nos locais que no seguem os critrios de segurana adotados em minas profissionais Da R euters DESMORONAMENTO EM MINA MA T A 200 EM SERRA LEO A No ms passado o projeto Ecoturismo Adaptado deu mais um passo em direo possibilidade de acesso de P ortadores de Necessidades Especiais (PNEs) ao interior da Gruta da T apagem (Caverna do Diabo). U m a p a r c e r i a e n t r e a P refeitura Municipal da Estncia T urstica de Eldorado atravs do departamento de T urismo a F undao Florestal a Sociedade Brasileira de Espeleologia ( S B E ) o G r u p o P n o M a t o e a Associao dos Monitores Ambientais do Municpio de Eldorado (AMAMEL) resultou na promoo do estudo da estrutura j e x i s t e n t e n a c a v e r n a p a r a p r o p o r a d a p t a e s o u e q u i p a m e n t o s q u e tornem a visita de PNEs possvel no s na gruta como em algumas trilhas do municpio Segundo rica Nunes coordenadora da Comisso de Espeleoincluso da SBE e cadeirante “a caverna de uma beleza impressionante e j possui algumas facilidades como a iluminao o espao fsico no possuindo trechos apertados o piso regular e adaptaes no ncleo do parque como rampas e banheiros ”. A maior dificuldade so as escadas irregulares e em cur va Em decorrncia dessa visita a SBE far uma palestra contando a experincia na Caverna do Diabo a fim de buscar empresas parceiras para as adaptaes necessrias ou a criao de equipamentos auxiliares para viabilizar a visitao dos PNEs entre os dias15 e 18 de abril no Centro de Exposies Imigrantes em So P aulo No local ser realizada a IX edio da R ea T ech (F eira Internacional de T ecnologias em R eabilitao Incluso e Acessibilidade), onde empresas do mundo todo apresentaro suas novidades em equipamentos e adaptaes visando tornar mais confortvel a vida de quem possui algum tipo de necessidade especial De acordo com o diretor municipal de T urismo Llis Ribeiro esse tipo de atividade to importante para os cadeirantes quanto para o municpio “ um primeiro passo para a possibilidade de acesso e tambm de mostrar que possvel essas pessoas estarem presentes em locais como a caverna ”, finaliza Diariodeiguape.com ECOTURISMO AD APT ADO EM ELDORADO

PAGE 3

3 S B E S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a I N F O R M A E S H I S T R I C A S R ecebemos um email de um leitor que aproveitamos para reproduzir nesse espao por se tratar de importante link de divulgao do conhecimento Marcos P aulo nos informou que o Jornal de Ouro P reto datado de 24/04/1881 registrou a visita de Dom P edro II L agoa Santa onde visitou e explorou cavernas que haviam sido pesquisadas por P eter L und Certamente um marco que merece ser registrado e lembrado O material pode ser conferido em http ://www .siaapm .cultura .mg .gov .br M U R O D E P E D R A D E 2 3 0 0 0 A N O S D E S C O B E R T O N A G R C I A Um grupo de paleontlogos gregos descobriu um muro de pedra de 23.000 anos o mais antigo do pas em uma gruta da T esslia centro do pas informou o ministrio da Cultura A idade do muro provavelmente um dos mais antigos do mundo foi estabelecida atravs de um processo de deteco por luminescncia ptica "A datao corresponde ao perodo mais frio da ltima poca glacial o que indica que foi construdo pelos habitantes paleolticos da gruta para se proteger do frio", afirma o comunicado do ministrio O muro cobre dois teros da entrada da gruta um lugar onde os paleontlogos escavam h 25 anos A gruta est localizada nos arredores de K alambak a e perto dos meteoritos sobre os quais se encontram os clebres mosteiros de Meteora C E N R I O S D A ‘ B B L I A N O C U R D I S T O T U R C O P or Carla Miranda Visitar o Curdisto turco no sul do pas equivale a uma iniciao religiosa Uma gruta em Sanliur fa um dos possveis locais do nascimento de Abrao patriarca de cristos judeus e muulmanos Na cidade vizinha de Harran hoje em runas um Abrao j avanado na idade teria sido convocado a procurar a T erra P rometida na companhia de Sara P edrinhas para todos os lados numa vastido bege intercalada por verdes esparsos No alto de tudo um cu azul sem nenhuma nuvem E muito silncio Apesar de a descrio no combinar com a que normalmente se faz do Jardim do den Gbekli T epe a 20 km de Sanliur fa uma das possveis localizaes do paraso bblico Ameaado por pregar um Deus nico Abrao estava prestes a ser jogado do alto de um morro para cair direto numa fogueira Mas o milagre aconteceu e o profeta aterrissou intacto no L ago Halil-r R ahman localizado no P arque Balikligl Bem na frente do lago foi erguida a Mesquita Ridvaniye com seus belos arcos e minaretes Sanliur fa tambm tem tradio de mercado Vistoriar as lojinhas um bom negcio : tudo ali muito mais barato que em Istambul De tapete persa a pistache e congneres Aberta em 2007 na tentativa de pacificar a regio por meio do turismo a rota Caminhos de Abrao (www .abrahampath .org), quando estiver completa unir pases como T urquia Jordnia Sria e Israel O trajeto total ter 1.200 quilmetros de extenso e com as graas de Abrao os organizadores esperam incluir Egito Iraque e Arbia Saudita Estado.com.br M A I S U M A C A V E R N A N O C I N E M A P or R enato Marafon A P aris F ilmes distribuir no Brasil o filme 'Sanctum 3D', prxima empreitada e m 3 D d e J a m e s Cameron aps o sucesso estrondoso de 'A vatar' nas telas de cinema C a m e r o n a s s i n a a produo executiva do filme que ser rodado nos mares da Austrlia e ter a direo de Alister Grierson ( q u e j t r a b a l h o u e m d o c u m e n t r i o s c o m Cameron) e o roteiro de A n d r e w W r i g h t e J o h n Gar vin A histria uma mistura d e d r a m a e s u s p e n s e subaqutico baseado na p r p r i a e x p e r i n c i a p e s s o a l d o r o t e i r i s t a Andrew W right que esteve prximo da morte quando liderou uma expedio de mergulho e ficou preso e m u m a c a v e r n a e m b a i x o d ’ g u a q u e teve sua entrada fechada aps uma tempestade O f i l m e u t i l i z a r a m e s m a t e c n o l o g i a d e s e n v o l v i d a p a r a a realizao de A vatar Cinepop.com.br

PAGE 4

4 S B E S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a S O T E O D O R O O significado de seu nome ‘dom de Deus ’, tem tudo a ver com os talentos especiais que T eodoro demonstrou durante toda a vida O religioso nascido na segunda metade do sculo VI na Galcia hoje F rana desde pequeno demonstrou ter realmente vindo ao mundo para a edificao da Igreja terminando seus dias como instrumento dos prodgios e graas que brotavam sua volta Diz a tradio que j aos oito anos procurava lugares escondidos e solitrios para rezar Depois quando adolescente chegou a cavar uma gruta na capela de So Jorge especialmente para ali entregar -se orao e a contemplao Dizem os devotos que o prprio so Jorge apareceu num sonho a sua me para que ficasse tranqila quanto ao futuro de T eodoro L ogo depois alguns prodgios e graas comearam a acontecer na gruta pois que em pouco tempo todos os dias grande parte dos moradores locais eram atrados para l. T eodoro ainda no tinha idade para isso mas o bispo da cidade vizinha de Anastasipolis assumiu a tutela do rapaz e o ordenou sacerdote E mal voltou para sua cidade natal o povo o elegeu bispo No cargo ele permaneceu por dez anos quando abandonou tudo e voltou sua vida solitria de penitncia e orao O POVO On-Line I M A G E N S S A C R A S S O A L V O D E V N D A L O S N O E S P R I T O S A N T O P or P aulo R ogrio Surpresa e revolta para fiis na R egio Serrana do Esprito Santo nesta segunda-feira (12), Dia de Nossa Senhora da P enha padroeira do Estado As imagens de Nossa Senhora de L ourdes Santa Bernadete Nossa Senhora Aparecida e Santa Rita de Cssia foram alvos de vndalos no distrito de Santa Rita Marechal Floriano As imagens foram encontradas jogadas no cho do lado de fora da Gruta de Santa Maria que fica na rodovia F rancisco Stockl local que costuma ser visitado por fiis catlicos na regio A Gruta de Santa Maria fica cerca de dois quilmetros da R odovia BR 262 h dez quilmetros do Centro de Marechal e ser viu de abrigo para imigrantes alemes no final do sculo XIX Nossa Senhora de L ourdes estava margem da estrada que d acesso comunidade de Santa Rita onde vivem cerca de 370 famlias Esta imagem teve trincas no rosto na cintura e em uma das mos A outra Santa Bernadete teve a base danificada Nossa Senhora de L ourdes possui um metro de altura J Santa Bernadete representada de joelhos -, possui um pouco mais de 60 centmetros Ambas so bem pesadas e precisam ser carregadas geralmente por duas pessoas Essas imagens foram colocadas na gruta por moradores da regio As outras duas imagens so bem mais leves e possuem 15 centmetros cada Santa Rita de Cssia foi encontrada partida ao meio e Nossa Senhora Aparecida estava totalmente destruda segundo testemunhas A P olcia Militar registrou a ocorrncia por volta das 7h30 desta segunda mas ainda no se sabe exatamente qual era a inteno de quem retirou as imagens de dentro da gruta que aberta ao pblico e de fcil acesso A primeira a avisar outros moradores da regio depois de ver as imagens foi a auxiliar de escritrio R osilene Nespoli Huwer 19 anos Ela estava na garupa de uma moto junto com o pai quando notou as imagens do lado de fora da gruta por volta das 6h20. "F iquei em choque na mesma hora que vi aquilo No acreditei F oi muita falta de respeito com toda nossa comunidade ainda mais por isso ter aparecido justamento no Dia de Nossa Senhora da P enha Muita falta de respeito mesmo F iquei revoltada como muitas outras pessoas", afirmou a jovem Segundo a coordenadora da comunidade catlica da Igreja So Jos (em Santa Rita), Odete L udovico aproximadamente 30 pessoas estiveram no local e tiveram a mesma reao que a jovem R osilene Algumas chegaram a chorar Odete L udovico informou ainda que depois de registrar a ocorrncia com a P olcia Militar os moradores recolocaram as imagens no oratrio dentro da gruta O local no tem vigilncia e apesar do ato de vandalismo no existe a inteno de se fazer algo no sentido de dar mais segurana s imagens "No pretendemos pelo menos por enquanto colocar grades ou algum vigilante no local Nossa comunidade nunca precisou de algo assim mas vamos mobilizar as autoridades para que algo seja feito Nesta tera-feira (13) vamos registrar boletim de ocorrncia tambm na P olcia Civil", disse a coordenadora Nesta segunda a Delegacia de P olcia (DP) de Marechal Floriano estava fechada em funo do feriado de Nossa Senhora da P enha Gruta de Santa Maria, onde estavam as imagens das santas que foram destrudas (Foto: divulgao)

PAGE 5

F oto do leitor F oto do leitor F oto do leitor S B E S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a Antes de imprimir pense na sua responsabilidade com o meio ambiente S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a Comisso Editorial: L uiz Eduardo P T ravassos (Coordenador), Isabela Dalle V arela e R ose L ane Guimares R eviso : Delci Kimie Ishida T odas as edies esto disponveis em u m a p u b l i c a o e l e t r n i c a d a SBE Sociedade Brasileira de Espeleologia. T elefone/fax (19) 3296-5421. Contato : A reproduo deste per mitida, desde que citada a fonte. historia@sbe .com .br www .sbe .com .br L uiz T ravassos Filie-se SBE Sociedade Brasileira de Espeleologia Clique aqui para saber como se tor nar scio da SBE T el. (19) 3296-5421 Filiada R Unio Inter nacional de Espeleologia FEALC -Federao Espeleolgica da Amrica L atina e Caribe VENHA P ARA O MUNDO D A S CA VERNA S VENHA P ARA O MUNDO D A S CA VERNA S VIST A GERAL DO CARSTE DE B A ILE HERCULANE, ROMNIA 5 S B E S B E A n t r o p o e s p e l e o l o g i a Foto: Dr Heinz Charles K ohler


printinsert_linkshareget_appmore_horiz

Download Options

close
Choose Size
Choose file type
Cite this item close

APA

Cras ut cursus ante, a fringilla nunc. Mauris lorem nunc, cursus sit amet enim ac, vehicula vestibulum mi. Mauris viverra nisl vel enim faucibus porta. Praesent sit amet ornare diam, non finibus nulla.

MLA

Cras efficitur magna et sapien varius, luctus ullamcorper dolor convallis. Orci varius natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Fusce sit amet justo ut erat laoreet congue sed a ante.

CHICAGO

Phasellus ornare in augue eu imperdiet. Donec malesuada sapien ante, at vehicula orci tempor molestie. Proin vitae urna elit. Pellentesque vitae nisi et diam euismod malesuada aliquet non erat.

WIKIPEDIA

Nunc fringilla dolor ut dictum placerat. Proin ac neque rutrum, consectetur ligula id, laoreet ligula. Nulla lorem massa, consectetur vitae consequat in, lobortis at dolor. Nunc sed leo odio.