Citation
SBE Notícias

Material Information

Title:
SBE Notícias
Series Title:
SBE Notícias
Alternate Title:
SBE Notícias: Boletím Eletrônico da Sociedade Brasileira de Espeleologia
Publisher:
Sociedade Brasileira de Espeleologia
Publication Date:
Language:
Portuguese

Subjects

Genre:
serial ( sobekcm )

Notes

General Note:
Espeleo-Tema prorroga o prazo para envio de trabalhos - Descoberto na França pinturas de 29 mil anos - Palestra: Educação ambiental e conflitos sociais no Alto Ribeira - Descoberto novo ecossistema em caverna - VI Simpósio Nacional de Geomorfologia - Programa Comunidades Quilombolas da UNICAMP realiza evento sobre Tihuco Alto - Homo Florensis fabricava ferramentas - Hominídeos tinham cultura musical.
Restriction:
Open Access - Permission by Publisher
Original Version:
Vol. 1, no. 16 (2006)
General Note:
See Extended description for more information.

Record Information

Source Institution:
University of South Florida Library
Holding Location:
University of South Florida
Rights Management:
All applicable rights reserved by the source institution and holding location.
Resource Identifier:
K26-03389 ( USFLDC DOI )
k26.3389 ( USFLDC Handle )
8643 ( karstportal - original NodeID )
1809-3213 ( ISSN )

USFLDC Membership

Aggregations:
Karst Information Portal

Postcard Information

Format:
Serial

Downloads

This item has the following downloads:


Full Text
Description
Espeleo-Tema prorroga
o prazo para envio de trabalhos Descoberto na Frana pinturas
de 29 mil anos Palestra: Educao ambiental e conflitos
sociais no Alto Ribeira Descoberto novo ecossistema em
caverna VI Simpsio Nacional de Geomorfologia Programa
Comunidades Quilombolas da UNICAMP realiza evento sobre Tihuco
Alto Homo Florensis fabricava ferramentas Homindeos tinham
cultura musical.



PAGE 1

SBE SBE N o c a s t i N o c a s t i N o c a s t i N o c a s t i Boletim Eletrnico da Sociedade Br asileir a de Espeleologia A n o 1 N 1 6 0 3 / 0 6 / 2 0 0 6 ISSN 1809-3213 S B E N o t c i a s sbe 1 Conforme divulgado no “SBE Notcias”, N 13, a SBE volta com a editar sua publicao cientfica sobr e espeleologia, o Espeleo T ema. O r etorno da publicao teve uma excelente aceitao da comunidade espeleolgica e j r ecebemos alguns trabalhos, contudo, devido ao curto prazo para envio de trabalhos, alguns pesquisador es pediram a pr orr ogao do mesmo. Em ateno, a estas solicitaes, expecionalmente esse ano, ser pr orr ogado o prazo para as inscries. Assim, os trabalhos devem ser enviados at o dia 30 de junho de 2006. As r egras para a r edao e envio de trabalhos e outras informaes sobr e a publicao, esto disponveis em: Em caso de duvidas, contate a comisso do Espeleo T ema pelo e-mail: www .sbe.com.br/espeleo -tema.asp espeleo -tema@sbe.com.br PALESTRA: EDUCAO AMBIENTAL E CONFLITOS SOCIAIS NO ALTO RIBEIRA No prximo domingo, 11/06, a SBE ir r ealizar mais uma palestra em sua sede como parte do pr ojeto “SBE de P ortas Abertas”. A palestra ser ministrada pelo P r ofessor L uiz Afonso V az de F igueir edo (SBE 0161), doutorando em geografia e coor denador da Sesso Educao Ambiental e Histria da Espeleologia da SBE. Dentr e os pontos a ser em abor dados na palestra esto os r esultados encontrados na tese de mestrado de F iguer edo. Ele ir enfocar a educao ambiental na r egio espeleolgica do V ale do Alto Ribeira que concentra um dos maior es complex os de cavernas do Brasil, r epr esentado por 273 cavidades naturais at hoje cadastradas pela SBE. A palestra gratuita e no necessrio fazer inscrio. O “SBE de P ortas Abertas” se r ealizar no P ar que T aquaral,avenida Dr Heitor P enteado, s/n, entrada pelo porto 2 Campinas, SP s 10h. P ara mais informaes sobr e o pr ojeto “SBE de P ortas Abertas” e as prximas palestras, acesse: www .sbe.com.br/aberta.asp Obs.: Aps a palestra haver uma r eunio para planejamento da prxima atividade do PROCAD P r ojeto Caverna do Diabo ESPELEO-TEMA PRORROGA O PRAZO PARA ENVIO DE TRABALHOS Pseudo-escorpio L a a c n i n DESCOBERTO NOVO ECOSSITEMA EM CAVERNA Investigador es insraelenses da Universidade Hebr ea de Jerusalm, descobriram um novo escossistema de crustceos e invertebrados situado em baix o de uma fbrica de cimento nas pr o ximidades de T el Aviv Se trata de oito novas espcies de insetos invertebrados e uni-celular es desconhecidos at agora, e que tem sido descobertos embaix o da gigantesca fbrica de cimento Nesher em Ramle, informaram os investigador es em uma coletiva de impr ensa. As novas espcies esto em uma caverna, que foi descoberta durantes escavaes de r otinas. A caverna, de uns 2,5 Km de tamanho e uns 100m de pr ofundidade, data de milhes de anos e nela foi descoberto um “pseudo -escorpio” e quatr o tipos de crustceos. Hann Diamantman, bilogo da Universidade Hebr ea assegur ou na coletiva que “as novas espcies encontradas so des-conhecidas pela cincia”. Devido ao fato da caverna estar fechada durante milhes de anos, as espcies descobertas so absolutamente cegas. O gegrafo, Amos F rukin, tambm da Universidade Hebr ea, explicou que o isolamento do ecossitema se deve a uma densa camada de r ocha na parte superior que no deix ou gua passar e manteve a caverna seca. Os dir etor es da fbrica asseguraram que deixaro a caverna aberta para investigaes, sendo permitida a entrada de cientista. F onte: El Universal 31/05/2006 V ale do Ribeira Sul do Est ado de SP Ar quelogos franceses anunciaram no dia 02/06, a descoberta, no oeste do pas, de uma caverna com muitas pinturas rupestr es e r estos de um corpo humano datados em 29 mil anos atrs. As pinturas esto entr e as mais antigas encontradas na Eur opa. A caverna r ecm-descoberta fica em V ilhonneur e foi descoberta por um grupo de espelelogos em dezembr o do ano passado. O achado s foi divulgado agora por que os ar quelogos queriam ter certeza de sua importncia e, tambm, garantir a segurana do local, para que as pinturas no sejam danificadas. Uma das pinturas mais impr essionantes mostra um r osto humano. Ela foi feita com poucos traos e apr oveita a linha natural da caverna. Outra pintura destacada uma mo. r elativamente comum encontrar pinturas rupestr es de mos, mas elas so consideradas importantes devido ao significado r eligioso. F onte: O Globo 03/06/2006 DESCOBERTO NA FRANA PINTURAS DE 29 MIL ANOS R a u l S i l v a T e l l e s d o V a l l e

PAGE 2

SBE Notcias Notcias 2 Entr e os dias 6 e 10 de setembr o de 2006 ser r ealizado na Universidade F ederal de Gois, em Goinia, o VI Simpsio Nacional de Geomorfologia (VI SINA GEO), evento nacional pr omovido pela Unio da Geomorfologia Brasileira (UGB), e a Conferncia R egional de Geomorfologia, evento internacional pr omovido pela Associao Internacional de Geomorflogos (IA G). Esses dois eventos sero r ealizados de modo integrado com o objetivo de divulgar e discutir r esultados de estudos cientficos, teorias, modelos, mtodos e tcnicas, com nfase nos ambientes tr opicais e subtr opicais, cujas atividades esto agrupadas em torno de eix os temticos abrangentes que traduzem as principais tendncias internacionais atuais quanto s especialidades do trabalho em Geomorfologia. P ara aqueles que no enviaram os trabalhos ainda h tempo. O prazo foi pr orr ogado para o dia 15 de junho de 2006. No se esquea de que sero aceitos dois tipos de trabalhos: R esumos e T rabalhos Completos, sendo que os r esumos so obrigatrios para todos os autor es. www .sinageo.com.br VI SIMP"SIO NACIONAL DE GEOMORFOLOGIA HOMO FLORENSIS FABRICAVA FERRAMENTAS Os ser es diminutos, semelhantes ao homem, que viveram na ilha indonsia de Flor es h cer ca de 12.000 anos e foram apelidados de "hobbits" conseguiam fabricar ferramentas, segundo artigo publicado na r evista cientfica Natur e. A pesquisa, da qual participaram alguns dos descobridor es da criatura, chamada cientificamente de Homo flor esiensis, ou homem de Flor es, sai poucas semanas depois da divulgao de outr o artigo, questionando se o H. flor esiensis seria r ealmente uma variedade difer ente de homindeo ou um ser humano com micr ocefalia. Uma das razes para a tese da micr ocefalia era, exatamente, o carter avanado das ferramentas encontradas nas cavernas com os fsseis de "hobbits". P elo tamanho, estilo e acabamento, as ferramentas apr eciam pertencer ao Homo sapiens, ou homem contemporneo. A despeito disso, a equipe do cientista Adam Brumm, da Universidade Nacional de Camberra, acr edita que o H. flor esiensis foi capaz de elaborar os artefatos. Os especialistas baseiam a idia na anlise de 500 objetos localizados, entr e 2004 e 2005, a cer ca de 50 km do local onde foram encontrados os fsseis dos "hobbits". Os objetos tm idade muito maior que a dos ossos do H. flor esiensis. Mas, a despeito da difer ena de idade, os implementos mostram estilo muito semelhante. Isso suger e, segundo os cientistas, que os "hobbits" poderiam ter her dado as tcnicas de construo de seus ancestrais. F onte: Estado 31/05/2006 Homo Floresensis l a t S e b a S e i d r Car taz do e v e n t o PROGRAMA COMUNIDADES QUILOMBOLAS DA UNICAMP REALIZA EVENTO SOBRE TIJUCO ALTO HOMINDEOS TINHAM CULTURA MUSICAL O pr ofessor de P r-Histria na Universidade de R eading na Inglaterra, Steven Mithen defende em seu livr o “ The Singing Neanderthals” (Os Neandertais Cantor es), que os homindeos tiveram uma cultura musical e uma forma rudimentar de comunicao que acompanhava e teria deixado mar cas pr ofundamentes gravadas na humanidade moderna. Segundo ele, os homens de Neandertal passavam o tempo cantando, danando e batucando com as unhas em estalagmites. P ara fundamentar seus ar gumentos ele r ecorr e a tudo, desde tomografias do cr ebr o humano at estudos de habilidade musical e de linguagem. Ele afirma que os neandr etais, assim como outr os homindeos primitivos, desenvolveram uma forma de comunicao que ele desigina pela sigla “HMMMM”, “holstica, manipulativa, multimodal, musical e mimtica”. F onte: O Globo 31/05/2006 O evento Barragem de Tijuco Alto: Barr eiras ao desenvolvimento do V ale do Ribeira faz parte do pr ojeto "Quilombos na Unicamp", em uma par ceria com o Ministrio da Educao. Este pr ojeto r esultante do pr ocesso de integrao entr e a universidade e os quilombos do mdio V ale do Ribeira, atravs das aes de extenso comunitria, pr omovidas pelo P r ograma Comunidades Quilombolas. A temtica do evento foi escolhida pelas comunidades quilombolas que vem neste evento um espao estratgico de articulao e fortalecimento de suas lutas. A construo da Usina Hidr eltrica Tijuco Alto, pela Companhia Brasileira do Alumnio, do Grupo V otorantim, no rio Ribeira de Iguape, entr e as cidades de Adrianpolis(PR) e Ribeira (SP) e afetando dir etamente mais trs cidades, r epr esenta, atualmente, uma grande ameaa ao desenvolvimento socioeconmico onde ser construda e na r egio a jusante ao r eser vatrio, incluindo comunidades tradicionais, entr e elas comunidades de r emanescentes de quilombos, colocando em risco os patrimnios naturais e culturais ali existentes, trazendo pr ejuzos incomensurveis a toda a populao. O objetivo deste encontr o no se limita a discusso sobr e o tema, pr etende-se, juntamente com pr ofessor es, pesquisador es, alunos, funcionrios, or gos pblicos e entidades civis, qualificar o debate acer ca dessa temtica e fortalecer o Comit da Campanha Contra Barragens no Rio Ribeira, divulgando e incorporando essa luta no meio em que estamos inseridos. O evento se r ealizar nos dias 06 e 07de junho na UNICAMP Campinas, SP A pr ogramao completa e outras informaes no site: http://www .pr eac.unicamp.br/ novoquilombolas/evento/index.html

PAGE 3

SBE Notcias Notcias 3 FOTO DO LEITOR (ltimas aquisies) V isite Campinas e conhea a Biblioteca Guy Christian Collet Sede da SBE. Apoio: VENHA PARA O MUNDO DAS CAVERNAS Filie-se SBE Clique aqui para saber como se tornar scio da SBE. T el: (19) 3296.5421 S o c i e d a d e B r a s i l e i r a d e E s p e l e o l o g i a Filiada : SBE-Sociedade Brasileira de Espeleologia T el (19) 3296-5421. Contato: Comisso Editor ial: Marcelo Rasteiro e Ana P aula F aez. T odas as edies esto disponv eis em A reproduo deste permitida, desde que citada a fonte. sbe@sbe .com.br www .sbe .com.br EXPEDIENTE SBE Notcias uma pub licao eletrnica da Notcias Antes de imprimir pense na sua responsabilidade com o meio ambiente AGENDA SBE 11/06 P alestra: Educao Ambiental, Conflitos Sociais e Unidades de Conservao do Alto Ribeira 15 a 18/06/2006 Atividade de Campo: PROCAD 2006 1 Expedio 29 Congresso Br asileiro de Espeleologia 07 a 10 de junho de 2007 Parque Metalrgico Centro de Artes e Convenes da UFOP Ouro Preto, MG www .sbe.com.br/noticias.asp www .sbe.com.br/campo.asp www .sbe.com.br/29cbe.asp Publicao Prmio de Reportagem sobre Biodiversidade da Mata Atlntica 2005, da Diviso de Comunicao Global da Conservao Internacional. R evista DecoStop, Rev ista do Mergulhador Br asileiro N 05, 06, 07, 08, 09, 10 e 11, da RC Editora e Grfica. (2004/2005/2006) R evista NSS News N05 V ol. 64, da National Speleological Society (Maio/2006) As edies i m p r e s s a s esto disponveis para consulta na Biblioteca da SBE Os arquivos eletrnicos podem ser solicitados via e-mail. B I B L I O T E C A S B E Publicao Notiziario Del Circolo Speleologico Romano N16-19, do Circolo Speleologico R omano. (2001-2004) Boletim Eletrnico El Explor ador N 25, P eridico Digital de Cub (Maio/2006) R evista Planejando Propriedades e P aisagens, da Aprima(Setembro/2005) Boletim Eletrnico Conexo Subterrnea N35, da R edespeleo. (Maio/2006) Au t or : P riscilla Ar gentin Data: 04/01/2006 Flor de Aragonita em uma Helectite Gruta da T orrinha (BA 37) Chapada Diamantina Iraquara (BA). P r ojeo Horizontal: 8210m. Desnvel: 15m. Helectite de calcita com a ponta r ecoberta de cristais pontiagudos de aragonita. OBS: a bola da ponta, sem os cristais, mede em torno de 25mm de dimetr o. Mande sua foto com nome, data e local para sbe@sbe.com.br Priscilla Argentin