SBE Notícias

Citation
SBE Notícias

Material Information

Title:
SBE Notícias
Series Title:
SBE Notícias
Alternate Title:
SBE Notícias: Boletím Eletrônico da Sociedade Brasileira de Espeleologia
Publisher:
Sociedade Brasileira de Espeleologia
Publication Date:
Language:
Portuguese

Subjects

Genre:
serial ( sobekcm )

Notes

General Note:
Expedição Jurassic Cave 2009: Torotoro, Bolívia - Napoli Underground Channel entrevista sócia da SBE - Safaria fotográfico na sede da SBE revela talentos - Rochas podem combater o efeito estufa - Aberta seleção para novo chefe do CECAV - Parecer do relator de minas e energia sobre o decreto 6.640/08 deve ser votado hoje - UPE elege nova diretoria - Ataque de abelhas na caverna das pinturas - Chamada de trabalhos para o I Congresso Internacional de Meio Ambiente Subterrâneo - Parque Nacional de São Raimundo Nonato sofre com ausência do poder público - Foto do Leitor: Lapa do Brejal (MG-39).
Restriction:
Open Access - Permission by Publisher
Original Version:
Vol. 4, no. 116 (2009)
General Note:
See Extended description for more information.

Record Information

Source Institution:
University of South Florida Library
Holding Location:
University of South Florida
Rights Management:
All applicable rights reserved by the source institution and holding location.
Resource Identifier:
K26-03497 ( USFLDC DOI )
k26.3497 ( USFLDC Handle )
8751 ( karstportal - original NodeID )
1809-3213 ( ISSN )

USFLDC Membership

Aggregations:
Added automatically
Karst Information Portal

Postcard Information

Format:
serial

Downloads

This item has the following downloads:


Full Text
Description
Expedio Jurassic
Cave 2009: Torotoro, Bolvia Napoli Underground Channel
entrevista scia da SBE Safaria fotogrfico na sede da SBE
revela talentos Rochas podem combater o efeito estufa -
Aberta seleo para novo chefe do CECAV Parecer do relator de
minas e energia sobre o decreto 6.640/08 deve ser votado hoje -
UPE elege nova diretoria Ataque de abelhas na caverna das
pinturas Chamada de trabalhos para o I Congresso
Internacional de Meio Ambiente Subterrneo Parque Nacional de
So Raimundo Nonato sofre com ausncia do poder pblico Foto
do Leitor: Lapa do Brejal (MG-39).



PAGE 1

ISSN 1809-3213 R SBE SBE c s N o t i a c s N o t i a c s N o t i a c s N o t i a Boletm Eletrnico da Sociedade Br asileir a de Espeleologia 1 t s N o c ia t s N o c ia Ano 4 N 1 16 1 1/03/2009 EXPEDIO JURASSIC CAVE 2009: TOROTORO BOLVIA Por Soraya Ayub (SBE 0528) AKAKOR Geographical Exploring A AK AK OR Geographical Exploring (SBE G116) convida a todos para um grandioso evento, a expedio JUR ASSIC CA VE 2009 no ms de agosto deste ano, em T or otor o, na Bolvia. A expedio trinacional (Itlia, Brasil e Bolvia), pr ogramada para o perodo de 3 a 19 de agosto deste ano, ser dividida em vrias fr entes de trabalho: Espeleolgico (explorao e topografia), Ar queolgico, Antr opolgico, P aleontolgico e Manejo T urstico. Onze anos depois da r ealizao da Expedio Humajalanta'98 e da consolida-o de trabalho com vrias entidades governamentais e no governamentais da Bolvia com excelentes r esultados, decidimos voltar este ano a T or otor o para r ealizar uma srie de pesquisas sistemticas em r eas pr-definidas com enorme potencial, principalmente, espeleolgico. J contamos j com o apoio institucional da Alcadia (P r efeitura) de T or otor o, Ser vio Nacional de r eas P r otegidas da Bolvia (SERNAP), Ministrio da Cultura na Bol-via, Embaixada do Brasil na Bolvia, Embai-xada da Itlia na Bolvia, Sociedade Bolivia-na de Espeleologia (SOBESP), Sociedade Brasileira de Espeleologia (SBE), Socieda-de Espeleolgica Italiana (SSI) e Noti-cirio Espeleolgico On-line Italiano Scintilena, alm do apoio tcnico das empr esas T esto, Comvitea e Scubasul. Dado ao grande apoio, que permite pr ogramar uma tima logstica, podemos abrir um convite a toda a comunidade espelelogica brasileira e sulamericana para participar de mais esta expedio da AK AK OR P ortanto, junte-se a ns!!!! P articiparo da expedio espelelogos da Itlia, Brasil, Bolvia e Ar gentina, tambm convidados r epr esentantes de todos os pases membr os da F ederao Espeleolgica da Amrica Latina e Caribe (FEALC). Esta iniciativa entra no mbito de um pr ojeto de cooperao e inter cambio cientfico cultural que, alm da AK AK OR tambm esto envolvidas a SBE e a SSI, pondo em prtica o acor do entr e FEALC e F ederao Espeleolgica da Unio Eur opia (F SUE). As Embaixadas da Itlia e do Brasil na Bolvia, alm do apoio institucional e diplo-mtico, r ecebero os expedicionrios com um simptico cocktail de boas vindas. T ambm or ganizaro uma entr evista coletiva com a mdia local e internacional. Convidamos a todos para juntar em-se a ns e participar deste evento inesque-cvel que fortifica a espeleo-logia entr e estes pases irmos. P ara mais informaes escr eva para ou visite: akak or@tin.it www .ak ak or .com NAPOLI UNDERGROUND CHANNEL ENTREVISTA S"CIA DA SBE Por Fulvio Salvi Napoli Underground NUg Neste domingo, 15 de maro, s 17 horas, a Napoli Undegr ound Channel (NUg Channel), da Itlia, exibir uma entr evista ao vivo com Soraya A yub (SBE 0528), membr o da Seo de R elaes Internacionais da SBE (Seri/SBE) e dir etora tcnica de pr ojetos cientficos da AK AK OR Geographical Exploring (SBE G116). Durante a entr evista, Soraya vai apr esentar as mais r ecentes exploraes da AK AK OR e os pr ojetos em andamento, como a expedio Jurassic cave e Kon Tiki, alm de um acor do histrico para a co operao internacional entr e a SBE e a Sociedade Italiana de Espeleologia (SSI) possibi-litando, entr e outras aes, a divulgao inter continental de vdeos das duas federaes atravs da NUg Channel. Dentr o em br eve a NUg Channel tambm exibir novos vdeos sobr e as exploraes da AK AK OR em curso, nos tneis da pirmide de Akapana, na Bolvia, e muito mais. Como de costume, no final da entr evista, ser aberto o debate atravs do chat e Soraya ir r esponder dir etamente as per guntas do pblico. Assistam a NUg Channel em: www .napoliunder gr ound.or g/ it/nug-channel.htmle Vista area dos canions de T orotor o Bolvia T rabalho Geolgico estrutural na Caverna de Humajalanta em 1998 A K A K O R A K A K O R 3 0 C O N G R E S S O B R A S I L E I R O D E E S P E L E O L O G I A M o n t e s C l a r o s M G J u lh o d e 2 0 0 9 w w w.s b e c o m b r / 3 0 c b e a s p

PAGE 2

2 t s N o c ia t s N o c ia Por Delci Ishida (SBE 0842) T rupe V ertical (SBE G083) Conforme divulgado no a SBE r ealizou mais uma oficina sobr e fotografia na natur eza, alm de um safari fotogrfico pelo P ar que T aquaral sob a orientao do fotgrafo e espelelogo R en de Souza (SBE 0526). A oficina atraiu inter essados vidos pela arte da fotografia e R en passou, de forma didtica e empolgante a teoria e as tc-nicas envolvidas no assunto, sempr e r espondendo as mais variadas per guntas. O safari fotogrfico pelo par que r evelou o talento dos participantes na captura de pequenos ou grandes detalhes, aquele olhar mgico, a escolha do ngulo perfeito, um golpe de vista ou at de sorte. Mais do que a simples captura de imagens, o importante o olhar e a tcnica do fotgrafo, seja com uma moderna mquina digital ou com uma tradicional cmera de filme fotogrfico. SBE Notcias n 113 ROCHAS PODEM COMBATER O EFEITO ESTUFA SAFARI FOTOGRFICO NA SEDE DA SBE REVELA TALENTOS Algumas r ochas podem no futur o ser usadas para absor ver emisses de dixido de carbono de modo a r eduzir o ritmo do efeito estufa, o que afirma Sam Kr evor coor denador de um novo estudo do Instituto da T erra, da Universidade Columbia, e do Ser vio de P esquisa Geolgica dos EU A, que mapeou tais r ochas nos Estados Unidos. Os cientistas h muito sabem que as r ochas absor vem naturalmente o dixido de carbono, agr egando o a minerais para formar slidos como o carbonato de clcio, uma substncia comumente achada em r ochas, que tambm a principal matriaprima de conchas e cascas de ovos. Quando suas superfcies so dissolvidas pelo efeito do clima e dos ciclos naturais, as r ochas absor vem o dixido de carbono da atmosfera conforme este se r ecristaliza. Em laboratrio, os cientistas aceleraram esse pr ocesso moendo r ochas e acr escentando um catalisador como o citrato de sdio para dissolv-las. As r ochas voltam a se formar em minutos, absor vendo CO2. Mas esse pr ocesso ocorr e numa escala pequena demais e exige muita ener gia e outr os insumos para dar cabo de vastos volumes do gs CO2, considerado o princi-pal vilo do aquecimento global. P orisso os cientistas esto pr ocurando afloramentos naturais de r ochas que possam ser estimulados a absor ver o CO2 mais rapidamente do que ocorr e de forma natural. Uma forma seria perfurar a r ocha e injePor Marcelo Rasteiro (SBE 1089) O deputado Jos Otvio Germano (PP/RS) apoiando o Decr eto e a legalizao da destruio de cavernas deve ser votado hoje (11/03) na Comisso de Minas e Ener gia da Cmara dos Deputados. Conforme divulgado no SBE Notcias o r elator usando dos mais diversos ar gumentos pede a r ejeio do P r ojeto de Decr eto L egislativo do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB/SP), que pede a suspeno do decr eto 6.640/2008. A SBE tomou conhecimento da votao dia 09 de maro e encaminhou uma mensagem aos seus scios do Distrito F ederal pedindo que compar eam r eunio. Como a r eunio estava agendada para a mesma semana e sabendo que nem sempr e os espelelogos dispe de tempo para acom-panhar pessoalmente o pr ocesso, tambm enviamos um pedindo que no apr ovem o texto do r elator Estamos de olho! par ecer do r elator 6.640/2008 n110 1.138/2008 ofcio aos deputados da comisso PARECER DO RELATOR DE MINAS E ENERGIA SOBRE O DECRETO 6.640/08 DEVE SER VOTADO HOJE tar gua quente e CO2 pr essurizado. pr eciso r ealizar mais estudos sobr e a viabilidade disso. Mas, se funcionar poderia r eduzir a necessidade do emer gente setor do sequestr o de carbono, que visa capturar o CO2 de lugar es como fbricas e usinas termoeltricas para injet-lo em grandes depsitos subterrneos, evitando que chegue atmosfera. A r eduo das emisses de CO2 o principal instrumento disponvel para a miti-gao da mudana climtica, que segundo cientistas pr ovocada principalmente por atividades humanas, como a queima de combustveis fsseis. De acor do com h cer ca de 15,5 mil quilmetr os quadrados de r ochas ricas nos minerais olivina e serpentina, que poderiam ser usadas para a absor-o de carbono, na superfcie ou logo abai-x o da superfcie, nos Estados de Califrnia, Or egon e W ashington (todos na Costa Oeste), e ao longo dos montes Apalaches, no leste da Amrica do Norte, entr e o Alabama e Newfoundland (Canad). R ochas semelhantes so abundantes tambm em Om, em P apua-Nova Guin, na Nova Caledonia e na costa do Adritico. Kr evor disse que as r ochas dos EU A poderiam absor ver at 500 anos de emisses de CO2 dos EU A, segundo maior poluidor do mundo, atrs da China. Fonte: Reuters Brasil 06/03/2009. o estudo r ecm publicado pela U.S. Geological Sur vey ABERTA SELEO PARA NOVO CHEFE DO CEVAV O Instituto Chico Mendes de Conser vao da Biodiversidade (ICMBio) acaba de abrir um concurso pblico para seleo de candidatos ao car go de Chefe do Centr o Nacional de Estudos, P r oteo e Manejo de Cavernas (CECA V). O candidato deve ser brasileir o, possuir experincia na coor denao de pr ojetos de pesquisa e conser vao, alm de no ser condenado em pr ocessos criminais. As inscries devem ser feitas atravs do envio de documentao e currculo at o dia 30 de maro de 2009. Os candidatos que pr eencher em os r equisitos para seleo sero convocados para entr evista com um Comit de Busca que vai elaborar uma lista de nomes eleg-veis ao car go e o P r esidente do ICMBio vai selecionar um dos candidatos desta lista. Leia o Edital de Seleo publicado no D.O .U de 06 de maro de 2009 Clique aqui para apreciar algumas fotos feit as durante o safari fotogrf ico da SBE A l e x a n d r e L e i t e

PAGE 3

3 t s N o c ia t s N o c ia Por Ricardo Martinelli (SBE 1308) Secretrio da UPE No dia 04 de maro, foi eleita nova dir etoria da Unio P aulista de Espeleologia UPE (SBE G079). Os eleitos para o binio 2009-2010 foram: P r esidente: F abio Geribello (Coringa); V ice P r esidente : Elvira Maria A. Branco; Secr etrio: Ricar do Martinelli; T esour eir o: Maur o Zackiewicz; e Almo xarife: Eduar do P ortella. Em 2009 a UPE completa 15 anos de fundao e com mais uma eleio r eafirma seus ideais democrticos e de pr eser vao do patrimnio espeleolgico brasileir o. P ara tanto a dir etoria eleita compr omete-se a levar adiante as convices de seus sci-os, trabalhando para que toda a estrutura do grupo melhor e, tornando a gesto mais parti-cipativa e diminuindo a dis-tncia entr e a UPE, as instituies co -irms e os r gos governamentais. V isita a pgina da UPE na internet: www .upecave.com.br ATAQUE DE ABELHAS NA CAVERNA DAS PINTURA S UPE ELEGE NOVA DIRETORIA Por Guillermo Gassos CEMAC-V eracruz No dia 7 de janeir o de 2009 morr eu o guia de um grupo que visitava a Caverna das P inturas, perto do povoado de Bandera de Juar ez, municpio de P aso de Ovejas, no estado mexicano de V eracruz. Um enxame de abelhas africanas atacou o grupo de visitantes, deixando grave-mente ferida a estagiria de medicina, Dra. L uz Maria Rivelo e matando o guia local P ablo Lara L opez de 72 anos. Como o enxame de abelhas continua no local, os espelelogos do Clube de Exploraes do Mxico eracruz de V (CEMA C V eracruz) com o apoio do especialista em fumigao Eng. Eduar do L opez Upton, vo pr omover a r emoo do enxame para a segurana da comunidade local. A caverna das P inturas uma espcie de abrigo, um r efgio em que os antigos habitantes gravavam arte rupestr e, esta manifestao est sendo investigada por especialistas do Instituto Naci-onal de Antr opologia e Historia. Infelizmente no a primeira vez que este tipo de acidente ocorr e no estado de V eracruz. Em 2007 um grupo de espele-logos veracruza nos foi atacado com mais de 300 picadas cada um em uma caverna na r egio central do estado, por sorte, apensar das picadas todos sairam bem da caver-na, j que os grupos de auxlio no possu-am tcnica adequada para salv-los daque-le lugar P orisso e muito mais pr eciso pr ecaues para seguir com as exploraes de espeleologia nos pases latino americanos! Escolhido pela comunidade cientfica mundial para sediar este ano, o Congr esso Internacional de Arte Rupestr e, o P ar que Nacional da Serra da Capivara, no P iau, sofr e com a omisso do poder pblico, um aer oporto inacabado, r odovias nas quais s se consegue trafegar com veculos "off-r oad", pouca capacidade hoteleira para r eceber os visitantes internacionais, alm dos pr oblemas j "costumeir os" r elacionados caa pr edatria dentr o da r ea pr otegida, assentamentos e queimadas que tm com-pr ometido uma histria de milhar es de anos de cupao humana na r egio. L eia a matrica completa Clicando na fonte. Fonte: UOL V iagem 05/03/2009 PARQUE NACIONAL DE SO RAIMUNDO NONATO SOFRE COM AUSNCIA DO PODER PBLICO Diretoria da UPE para o binio 2009-20 1 0 G a b r i e l a S l a v e c Caverna das Pinturas Paso de Ovejas, V eracruz, Mxico R o b e r t o C a l d e r o n FUMDHAM fazem a manuteno das inscries L u i z C i t t o n / U O L CHAMADA DE TRABALHOS PARA O I CONGRESSO INTERNACIONAL DE MEIO AMBIENTE SUBTERRNEO Esto abertas as inscries de trabalhos para o I Congr esso Internacional de Meio Ambiente Subterrneo, evento r ealizado pela Associao Brasileira de guas Subterrneas (ABAS) de 15 a 18 de setem-br o de 2009 em So P aulo SP Os trabalhos completos, com at 20 pginas, devero ser enviados at dia 15 de abril de 2009, seguindo as r egras disponveis na pgina do evento: www .abas.or g/cimas

PAGE 4

4 sbe@sbe.com.br : www .sbe.com.br SBE Notcias Comisso Editorial uma publicao eletrnica da SBE-Sociedade Brasileira de Espeleologia T elefone/fax. (19) 3296-5421 Contato: Marcelo A. R asteiro e Delci K.Ishida T odas as edies esto disponveis em A reproduo deste permitida, desde que citada a fonte. Antes de imprimir pense na suaresponsabilidadecom o meioambiente Apoio: Visite Campinas e conhea a Biblioteca Guy-Christian Collet Sede da SBE. Filie-se SBE S o c i e d a d e B r a s i l e i r a d e E s p e l e o l o g i a C l i q u e a q u i p a r a s a b e r c o m o s e t o r n a r s c i o d a S B E T e l ( 1 9 ) 3 2 9 6 5 4 2 1 Filiada t s N o c ia t s N o c ia R Unio Internacional de Espeleologia FEALC-Federao Espeleolgica da Amrica Latina e Caribe 25/04/2009 Mini-curso: T opografia de Cavernas Bsico Sede da SBE Campinas-SP www .sbe.com.br/aber ta.asp C A M P I N A S P R I M E I R O O S Q U E M A I S P R E C I S A M P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E VENHA P ARA O MUNDO D A S CA VERNA S VENHA P ARA O MUNDO D A S CA VERNA S F oca Data: 12/2001 Autor: Nelcio F aria de Sales Lapa do Brejal (MG -39) P roj. Horizontal: 1.420 m. Desnvel: 72 m.Januria/Itacarambi-MGV ale do P erua Na foto uma estalagmite em formato de foca. A ima-gem foi registrada durante uma expedio fotogrfica em 2001. Saiba mais sobre as cavernas do V ale do Rio P erua em Comisso Brasileira de Stios Geolgicos e P aleobiolgicos SIGEP : www .unb.br/ig/sigep/ sitio017/sitio017.pdf Man de sua f oto com n ome data e local par a: sbe@sbe .com.br N ovas Aquisies Boletim NSS News N2, National Speleological Society : F ev/2009. Boletim R egards N69, Socit Splologique de W allonie: Dec/2008Jan/2009. Boletim eletrnico Argentina Sub ternea N21, F ederacin Argenti na de Espeleologas: F ev/2009. Boletim The Journal of the Sydney Speleological Society N2, SSS: F ev/2009. As edies impressas esto disponveis para consulta na Biblioteca da SBE. Os arquivos eletrnicos podem ser solicitados via e-mail. I n f o r m e P u b l i c i t r i o www .dolomit as.com.br So Paulo, SP Petzl Blue W ater Omega PacificBRC Black DiamondMaha PowerexGarminSeattle S port s Headlamp s FreiosMosquetesCap acetes PoliasAscensoresDescensores fit as tubulares de 15 e 25mm Mosquetes 10% de desconto p ara scios ativos da SBE 09 a 12/07/2009 30 CBE Congresso Brasileiro de Espeleologia Montes Claros-MG www .sbe.com.br/30cbe.asp 19 a 26/07/2009 15 ICS Congresso Internacional de Espeleologia K err ville, T exas USA www .ics2009.us N e l c i o F a r i a d e S a l e s


printinsert_linkshareget_appmore_horiz

Download Options

close
Choose Size
Choose file type
Cite this item close

APA

Cras ut cursus ante, a fringilla nunc. Mauris lorem nunc, cursus sit amet enim ac, vehicula vestibulum mi. Mauris viverra nisl vel enim faucibus porta. Praesent sit amet ornare diam, non finibus nulla.

MLA

Cras efficitur magna et sapien varius, luctus ullamcorper dolor convallis. Orci varius natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Fusce sit amet justo ut erat laoreet congue sed a ante.

CHICAGO

Phasellus ornare in augue eu imperdiet. Donec malesuada sapien ante, at vehicula orci tempor molestie. Proin vitae urna elit. Pellentesque vitae nisi et diam euismod malesuada aliquet non erat.

WIKIPEDIA

Nunc fringilla dolor ut dictum placerat. Proin ac neque rutrum, consectetur ligula id, laoreet ligula. Nulla lorem massa, consectetur vitae consequat in, lobortis at dolor. Nunc sed leo odio.