Citation
SBE Notícias

Material Information

Title:
SBE Notícias
Series Title:
SBE Notícias
Alternate Title:
SBE Notícias: Boletím Eletrônico da Sociedade Brasileira de Espeleologia
Publisher:
Sociedade Brasileira de Espeleologia
Publication Date:
Language:
Portuguese

Subjects

Genre:
serial ( sobekcm )

Notes

General Note:
Termina o 5 oEncontro Mineiro de Espeleologia - GPE/UEPB recebe espeleólogo francês - Fotógrafo registra o PARNA Peruaçú - Eventos movimentam a espeleologia latinoamericana - Folhinha divulga a aventura em cavernas - Cavernas na Lua são profundas - Foto do Leitor: Gruta da Tapagem/Caverna do Diabo (SP-2).
Restriction:
Open Access - Permission by Publisher
Original Version:
Vol. 5, no. 161 (2010)
General Note:
See Extended description for more information.

Record Information

Source Institution:
University of South Florida Library
Holding Location:
University of South Florida
Rights Management:
All applicable rights reserved by the source institution and holding location.
Resource Identifier:
K26-03542 ( USFLDC DOI )
k26.3542 ( USFLDC Handle )
8796 ( karstportal - original NodeID )
1809-3213 ( ISSN )

USFLDC Membership

Aggregations:
Karst Information Portal

Postcard Information

Format:
Serial

Downloads

This item has the following downloads:


Full Text
Description
Termina o 5
oEncontro Mineiro de Espeleologia GPE/UEPB recebe
espelelogo francs Fotgrafo registra o PARNA Perua -
Eventos movimentam a espeleologia latinoamericana Folhinha
divulga a aventura em cavernas Cavernas na Lua so profundas
- Foto do Leitor: Gruta da Tapagem/Caverna do Diabo
(SP-2).



PAGE 1

SBE SBE ISSN 1809-3213 R SBE SBE c s N o t i a c s N o t i a c s N o t i a c s N o t i a Boletm Eletrnico da Sociedade Br asileir a de Espeleologia 1 t s N o c ia t s N o c ia Ano 5 N 161 21/07/2010 Por Ronaldo Lucrecio Sarmento (SBE 0572) GRUCA V (SBE G1 18) T erminou no dia 12 de julho, em Januria MG, o 5 Encontr o Mineir o de Espeleologia (5 EMESPE). O evento contou com a participao uma centena de inscri-tos de todo o estado e de outras r egies. F oram cinco mini-cursos terico -prticos, visitas tcnicas, mesa-r edonda, oficina interativa e muita confraternizao. A interao entr e os mais de doze grupos de espeleologia, r go governaAs cavernas da regio so um espetculo a p arte GPE/UEPB RECEBE ESPELE"LOGO FRANCS Por Juvandi de Souza (SBE 1228) GPE/UEPB (SBE G1 13) O espelelogo francs Mar cus Barboza, do grupo de espeleologia T err e et Eau (T erra e gua), de BoisColombes, r egio de P aris, esteve r ecentemente na P araba e, em conjunto com membr os do Grupo P araba de Espeleologia (GPE/UEPB) e da Sociedade P araibana de Ar queologia (SP A), pr ojeto de Extenso do P r of Dr Juvandi Santos, visitou vrias cavidades naturais existentes no agr este paraibano, especialmente a caverna grantica denominada de L oca (que tambm um cemitrio indgena Cariri), em Quei-madas e o complex o ar queolgico do Riacho da P intada, no municpio de Natuba, composto por cinco stios ar queolgicos (P intada I, II, III, IV e V), todos em abrigos sob r ocha. A experincia vivenciada por Barbosa ser compartilhada com os membr os do seu grupo na F rana e, segundo o espelelogo “a visita P araba com o GPE/UEPB e a SP A foi nica, inigualvel, por que pr opor cionou conhecer cavidades naturais, mui08 a 12 de julho de 2010 R R e a l i z a o O r g a n i z a o A p o i o tas delas com figuras rupestr es de rara beleza e/ou materiais ar queolgicos poucos comuns na Eur opa”. O inter cmbio ser completo em outubr o, quando o pr of Dr Juvandi Santos ir a F rana para r ealizar uma palestra e visitar gr otas nas r egies da Dor donha e Carnac. A atividade parte da T ese de PsDoutoramento do P r of Juvandi, que estuda a existncia de um pr ovvel padro de enterramento entr e os indgenas Cariris, buscando, semelhanas com os sepulta-mentos P r-Histricos da Eur opa. TERMINA O 5 ENCONTRO MINEIRO DE ESPELEOLOGIA mentais como o CECA V IEF e P r efeituras locais, alm de ONGs e instituies de ensino da r egio, r esultou em discusses intensas e na apr ovao de uma dezena de moes, alm da apr o ximao institucional e compr ometimento com o desenvolvimento do turismo sustentvel e a conser vao das cavernas. O prximo evento r egional ser o 5 Encontr o Norte Mineir o de Espeleologia (5 ENME), or ganizado pelo Espeleo Grupo Moc (SBE G120) em janeir o de 2011 nas cidades de Diamantina e Monjolos/MG. Alm disso, mem-br os do Guano Speleo UFMG (SBE G075) e do Grupo Bambu de P esquisas Espeleolgicas (SBE G007) manifestaram o inter esse em r ealizar o prximo Encontr o Mineir o, em Janeir o de 2012, na r egio de Belo Horizonte. Aguar dem novidades! Agradecemos ao Instituto F ederal Norte de Minas Gerais pelas instalaes que abrigaram o encontr o e a todos os participantes do evento. De 12 a 17 de julho o fotgrafo Mar celo Andr esteve no P ar que Nacional Cavernas do P erua e fez o r egistr o fotogrfico O par que foi criado em 1999 com uma r ea de 56.800 ha e objetivo de pr oteger o valioso patrimnio geolgico e ar queolgico com mais de 140 cavernas e 80 stios ar queolgicos catalogados, alm de uma amostra r epr esentativa da flora e fauna de transio entr e cerrado e caatinga. V eja as fotos em mar celoandr e.com FOTOGRAFO REGISTRA O PARNA PERUA L e o G i u n c o Stio arqueolgico Pint ada V Natuba PB Inscries rupestres marcam o Perua

PAGE 2

2 t s N o c ia t s N o c ia A F olhinha, caderno juvenil do Jornal F olha, visitou duas das cavernas do P etar (P ar que Estadual T urstico do Alto Ribeira), em Iporanga (a 330 km de So P aulo) e divulgou uma srie de r eportagens sobr e a aventura em cavernas F oram cinco matrias divulgadas na pgina da r evista dia 17 de julho, incluindo ar quivos multi-mdia, dando dinamismo e atraindo o pblico mais jovem. Em um dos textos a folha entr evistou o espelelogo Clayton Lino (SBE 0029) que contou um pouco de seu comeo na espeleologia. Em outra matria h um ar quivo de audio com a apr esentao feita pelo monitor ambiental Jurandir dos Santos momentos antes de entrar na caverna de Santana. A parte inte-rativa ficou por conta de uma caverna virtu-al cheia de informaes. Clique abaix o para conferir as matrias: V iaje pelo interior de uma caverna com a arte interativa FOLHINHA DIVULGA A AVENTURA EM CAVERNAS Especialista em cavernas d dicas aos e xplorador es V isita a cavernas misto de aventura e aula prtica de cincias e biologia Animais que vivem nas cavernas so cegos; leia mais curiosidades Conhea 12 cavernas em que h visitas para pequenos e grandes espelelogos Fonte: Folha 17/07/2010 O satlite L unar R econnaissance Orbiter (LRO), da Nasa, est enviando para T erra imagens de cavernas lunar es com centenas de metr os de pr ofundidade, e os cientistas esto ansiosos para explor-las. "Elas podem ser entradas para um pas das maravilhas geolgico", disse, em nota, o principal pesquisador ligado cmera da LRO Mark R obinson, da Universidade do Arizona. "Acr editamos que esses buracos gigantes so claraboias que se formaram quando o teto de tubos de lava subterrne-os desmor onou". A sonda japonesa K aguya j havia fotografado cavernas enormes em 2009 (vide ). Agora, a potente cmera da LRO que conseguiu, entr e outr os feitos, localizar os objetos deixados na La pelos astr onautas do pr ograma Apollo pr oduziu imagens de alta r esoluo das cavernas e arr edor es. Antes da chegada dos primeir os astr onautas L ua, pesquisador es j teorizavam sobr e a existncia de cavernas, uma r ede de tneis que seria uma r elquia deixada por rios de lava derr etida, sob a superfcie. A teoria baseava-se em fotografias feitas do espao que r evelaram faixas estr eitas per corr endo as plancies, ou mar es, da L ua. Cientistas pr esumiram que essas faixas seriam os sinais, na superfcie, da pr esena de tneis abaix o, escavados por lava h bilhes de anos. SBE Notcias n145 EVENTOS MOVIMENTAM A ESPELEOLOGIA LATINOAMERICANA A espeleologia latinoamericana movimentada com congr essos e simpsios nacionais, alm clar o, do 6 Congr esso da F ederao Espeleolgica da Amrica Latina e Caribe a se r ealizar em agosto prximo na cidade de Matanzas, em Cuba. Clique nos logos para detalhes: " emocionante agora confirmarmos essa ideia", disse R obinson. "As fotos da K aguya e da LRO pr ovam que essas cavernas so claraboias para os tneis, ento sabemos que os tneis se mantm intactos, ao menos em alguns tr echos, h bilhes de anos". T ubos de lava se formam quando, ao fluir de um vulco, uma camada de lava mais prxima superfcie esfria e endur ece, enquanto que a camada mais abaix o continua a fluir num canal tubular A lava enrijecida acima isola que est mais abaix o, ajudando -a a manter o calor e o estado lquido. Na T erra, tubos de lava podem variar de um mer o cilindr o a complex os labirintos com quilmetr os de extenso. No futur o, os tubos descobertos na L ua, alm de ofer ecer pr eciosas informaes geolgicas, podero ajudar astr onautas a se pr oteger de meteoritos e da radiao Fonte: Est ado 13/07/2010 CAVERNAS NA LUA SO PROFUNDAS caverna na regio lunar de Mare Ingenii N A S A / G o d d a r d / A S U Caverna virtual confere interatividade e informao E d i t o r i a d e A r t e / F o l h a p r e s s Cuba, Mat anzas, 04 a 08/08/2010 Mxico, Puebla, 04 a 07/02/201 1 Simpsio de ambientes cavernarios Argentina, Neuqun, 02 a 06/05/201 1 Uruguai, Arequit a, 25 a 26/09/2010

PAGE 3

3 sbe@sbe.com.br : www .sbe.com.br SBE Notcias Comisso Editorial uma publicao eletrnica da SBE-Sociedade Brasileira de Espeleologia T elefone/fax. (19) 3296-5421 Contato: Marcelo A. R asteiro e Delci K.Ishida T odas as edies esto disponveis em A reproduo deste permitida, desde que citada a fonte. Antes de imprimir pense na suaresponsabilidadecom o meioambiente Apoio: V i s i t e C a m p i n a s e c o n h e a a B i b l i o t e c a G u y C h r i s t i a n C o l l e t S e d e d a S B E Filie-se SBE S o c i e d a d e B r a s i l e i r a d e E s p e l e o l o g i a C l i q u e a q u i p a r a s a b e r c o m o s e t o r n a r s c i o d a S B E T e l ( 1 9 ) 3 2 9 6 5 4 2 1 Filiada t s N o c ia t s N o c ia R Unio Internacional de Espeleologia FEALC-Federao Espeleolgica da Amrica Latina e Caribe C A M P I N A S P R I M E I R O O S Q U E M A I S P R E C I S A M P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E VENHA P ARA O MUNDO DAS CA VERNAS VENHA P ARA O MUNDO DAS CA VERNAS J t se ambientando... Data: 05/2010 Autor: T iago Bichler Gruta da T apagem (SP -2 Caverna do Diabo) P rojeo Horizontal: 6.237 m Desnvel: 175 m. P arque Estadual da Caverna do Diabo (PECD), Eldorado SP Com apenas 2 meses, Helosa Bergo de Souza, filha dos scios R en de Souza (SBE 0562) e F ernanda C. L. Bergo (SBE 1645) j teve sua primeira cavernada. Bem vinda Hel!!! Man de sua f oto com n ome data e local par a: sbe@sbe .com.br As edies i m p r e s s a s esto disponveis para consulta na Biblioteca da SBE Os arquivos eletrnicos podem ser solicitados via e-mail. N ovas Aquisies Boletim Tcnico da F undao Casa da Cultura de Marab N4, FCCM: 2009. Boletim Spelunca N117, Fdr ti on F ranise de Splologie: JanMar/2010. Boletim eletrnico EspeleoAr N2, Unin Argentina de Espeleologa: Jun/2010. R evista Horizonte Geografico N129, Editora Horizonte: Jun/2010. Gostou do SBE Notcias? Ento junte-se a ns Coloque sua mar ca aqui O boletim enviado a mais de 5.000 contatos no Brasil e exterior um pblico seleto que vai pr estigiar sua mar ca. Informaes: (19) 3296-5421 ou sbe@sbe.com.br 22 a 25/07/2010 2 Simpsio Sul-Brasileiro de Espeleologia UEPG Pont a Grossa PR www .sbe.com.br/2ssbe.asp 21 a 24/07/201 1 31 CBE Congresso Brasileiro de Espeleologia UEPG Pont a Grossa PR www .sbe.com.br/31cbe.asp 04 a 08/08/2010 6 Congresso de Espeleologia da Amrica Latina e Caribe Mat anzas. Cuba www .atenas.inf.cu I n f o r m e P u b l i c i t r i o T i a g o B i c h l e r